SABER SAIR DO EMPREGO É TÃO IMPORTANTE QUANTO SABER PROCURAR EMPREGO

Home / Artigos / SABER SAIR DO EMPREGO É TÃO IMPORTANTE QUANTO SABER PROCURAR EMPREGO
Sair do emprego

SABER SAIR DO EMPREGO É TÃO IMPORTANTE QUANTO SABER PROCURAR EMPREGO

Sair do emprego é sem dúvidas um pensamento perturbador para qualquer funcionário. Foi-se o tempo onde era comum ouvir de pessoas próximas sobre o trabalho de longos anos em apenas uma organização que acarretou na aposentadoria naquele mesmo local. Hoje, a realidade de muitos colaboradores nem sempre é a mesma.

Muitas vezes é um processo delicado reconhecer quando a luz de emergência dá sinal e é chegada à hora de buscar um novo emprego. Os motivos para influenciarem tal decisão podem ser os mais diversos: problemas com a liderança, incompatibilidade com a cultura organizacional, choque de diferenças ideológicas, interferências relacionadas à vida pessoal, falta de perspectivas dentro da organização e até mesmo a falta de ânimo para desenvolver suas atividades.

Apesar de uma gama de motivos para levar a tal decisão, se o primeiro pensamento que você tem pela manhã sempre que o despertador toca é o sentimento ruim de precisar ir trabalhar ou até mesmo a sensação de liberdade ao terminar o expediente, é hora de tomar cuidado e fazer uma análise mais detalhada da situação.

Trabalhar apenas com o único fim de ´´ ganhar dinheiro “  será possivelmente responsável por trazer diversos malefícios para você .Poderá afetar sua produtividade, que tenderá a cair bruscamente , isto é a falta de prazer em realizar suas atividades laborais, o que desenvolverá um comodismo em relação ao seu crescimento.

Porém, antes de tomar uma decisão definitiva e encarar a sala do chefe para assinar a carta de demissão são necessários alguns cuidados, como:

Descobrir o real motivo pela falta de interesse em seu trabalho atual. É  necessário saber se os motivos que estão te influenciando são, de fato, irreversíveis ou passageiros. Não seria somente uma fase ruim? Se a resposta for uma série de não´s  por vários dias seguidos, há um problema.

Nós, enquanto seres humanos, estamos propensos há dias ruins e até mesmo falta de criatividade no trabalho. Entretanto, isso não deve ser considerado isoladamente. Mantenha a calma, e tente conversar com familiares, colegas e até com seu líder (se tiver acesso para tal) por novas alternativas que instiguem seu desejo por trabalhar entusiasmando. Lembre-se sair de um emprego exige um planejamento pessoal. Pensar na situação com cautela e atenção é fundamental.

Tente encontrar, dentro de sua empresa atual,  motivos para seguir em frente. Problemas de relacionamentos podem melhorar solicitando sua troca de departamento se for possível. Encarar novos desafios pode aumentar sua confiança enquanto profissional e expandir seus horizontes organizacionais.

Antes de tudo, Organize-se! Você já tentou conversar com seu líder, mudar de departamento e até mesmo encontrar desafios. Mas não obteve sucesso. Sua decisão já está tomada e você deseja abandonar aquele emprego.

Tente fazer reservas financeiras, afinal se já não possuir outro emprego em vista, você precisará se manter por alguns meses. Seja claro com seus familiares e peça apoio nessa sua decisão.

Esteja atualizado para o mercado de trabalho. Fique ligado em dicas para ter um currículo conivente com as expectativas das organizações, observe sobre as vagas disponíveis, as áreas de trabalho em expansão no mercado, faixas salariais e técnicas para ter sucesso nos processos seletivos. Lembre-se que é necessário tempo e disposição para procurar emprego.

Seja sincero e saiba sair da organização. Sem dúvidas, esse é o ponto principal. Deixar claro os motivos pelas quais escolheu o desligamento, é um ato de sinceridade (sempre com cautela e respeito acima de tudo! ,além de ser o mais correto a se fazer. Não se esqueça que provavelmente você poderá precisar de recomendações para um novo emprego.

Lembre-se também que outras pessoas passarão a realizar suas tarefas, o que tenderá na diminuição de suas atividades por um período. Não se sinta mal por isso, afinal a decisão tomada foi sua e pensando em seu crescimento profissional!

Que tal utilizar o período do aviso prévio para ir deixando tudo em ordem? Limpar as gavetas, arquivar os documentos que utilizava com freqüência, finalizar atividades que estavam sobre sua responsabilidade, devolver objetos aos seus devidos lugares e assim por diante. Deixar seu antigo ambiente de trabalho organizado para o próximo, otimizará o tempo do mesmo e marcará ainda mais sua imagem como um grande profissional responsável.

Ademais, por mais complexa e delicada que seja a decisão de sair de um emprego ela pode ser a melhor opção para muitas pessoas. Trabalhar desmotivado em algo que não gosta não acarretará em nada seu sucesso profissional, afetará sua saúde até sua auto-estima. Busque novas alternativas e lembre-se que somente você é o responsável por escrever sua trajetória de sucesso!

 

Texto de Isabely Mello

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *